19/09/2017

Conheça: Top 10 países mais seguros em desastres Naturais

 

Com essa onda de furações que estão assolando a América do norte, resolvemos listar os 10 países mais seguros de se viver.

Para essa listagem foi usada como base a World Risk Report de 2016, uma publicação da Universidade das Nações Unidas. Ela analisa 171 países com base em sua exposição a desastres naturais e sua vulnerabilidade a eles. A publicação destaca todas as nações localizadas em áreas que possuem um alto risco de ter terremotos, inundações, tempestades, entre outros.

A vulnerabilidade, no entanto, tem três componentes que definem a capacidade do país de controlar os danos, a suscetibilidade, falta de capacidade de enfrentamento, e falta de capacidade de adaptação. Isto significa que um país mais desenvolvido é um lugar mais seguro.

 

10º Lugar: Suécia – Índice de Risco 2.12%

A Suécia é um país altamente industrializado e urbanizado com mais de 85% de sua população morando em áreas urbanas. Seu desenvolvimento lhe conferiu uma excelente classificação em categorias de capacidades adaptativas e de enfrentamento, sendo uma das melhores entre todas as nações.

 

9º Lugar: Emirados Árabes Unidos – Índice de Risco 1.97%

Os Emirados Árabes Unidos tem sido abençoado com baixa exposição para desastres naturais, um fator de sorte para todas as inúmeras estruturas elevadas que residem por lá.

 

8º lugar: Kiribati – Índice de Risco 1.78%

A baixa exposição para desastres que Kiribati oferece, resultou no país categorizado como um dos refúgios seguros do mundo. Uma exposição de apenas 3.05% serve como alivio para essa tranquila nação.



7º lugar: Barém – Índice de Risco 1.69%

Localizado no Oriente Médio, Barém é um dos poucos países árabes, com a condição de ter diminuído sua dependência de petróleo, e então direcionado para outras indústrias com a incansável busca de ter um futuro mais sustentável. Talvez, esta seja uma das razões por não ser muito vulnerável a desastres naturais.

 


6º Lugar: Islândia – Índice de Risco 1.52%

A Islândia é um dos 8 países que ranqueiam baixo em todas as categorias, resultando em um índice de baixo risco também. É o país mais escassamente povoado na Europa, o que significa que há muito espaço para as pessoas que escolhem mudar para Islândia de todos os países na seleção.

 

5º Lugar: Granada – Índice de Risco 1.42%

Como Kiribati, Granada é uma nação insular e não se apresenta bem no departamento vulnerabilidade. Ranqueia um pouco melhor, embora, possua uma porcentagem mais alta de risco de exposição. Contudo, Granada parece ser mais segura do que Kiribati.

 

4º Lugar: Barbados – Índice de Risco 1.32%

O lindo país insular de Barbados tem uma porcentagem de risco de exposição bem baixo. Um cenário de sorte considerando todos os turistas que continuamente reúnem-se ali para aproveitar de sua beleza natural.

 

3º Lugar: Arábia Saudita – Índice de Risco 1.14%

Esta nação é muitas vezes criticada por sua dependência quase exclusiva de petróleo, mas a família real recusa acatar conselhos de alguém. Por agora, é um país altamente desenvolvido, onde tudo funciona muito bem e que tem ameaça mínima de desastres naturais.


2º Lugar: Malta – Índice de Risco 0.60%

Esta pequena nação européia possui a segunda porcentagem de menor risco de exposição do mundo, fazendo dela um lugar excelente para todos que procuram segurança no futuro. No entanto, considerando sua pequena área cobrindo apenas 315.9 km², é densamente povoado.

 

1º Lugar: Catar – Índice de Risco 0.08%

Não é surpreendente que o país posição líder nesse top 10 seja também localizado no Oriente Médio. É um país altamente desenvolvido que classifica entre os melhores quando se trata de renda per capita.

 


Fonte: http://top10mais.org/top-10-paises-mais-seguros-em-desastres-naturais/#ixzz4t9OtlnYa
 

voltar