25/11/2013

G1: Marcas catarinenses se preparam para participar do Black Friday

Valorizar a marca e trazer fluxo para as lojas virtuais são alguns dos objetivos de empresas catarinenses que se preparam para participar do Black Friday. Na próxima sexta-feira (29), entre 0h e 23h59, 120 marcas oferecerão descontos de até 70% em produtos de diversos segmentos no Brasil. O movimento integra uma ação mundial que nasceu nos Estados Unidos e que acontece sempre no dia seguinte ao feriado de Ação de Graças.

Em Santa Catarina, marcas bastante conhecidas pelo público devem participar da ação. O Grupo MC Têxtil, deve participar da página oficial do evento com duas empresas de vestuário, uma licenciada e outra própria. As outras marcas devem oferecer descontos em suas lojas virtuais. Quem afirma isso é o coordenador de e-commerce da Colcci, Leandro Marques.

A empresa nascida em Brusque participa pela primeira vez da Black Friday. A data vai marcar um ano da abertura do e-commerce da empresa. No site da promoção serão ofertados 50 produtos com descontos entre 50% e 70%. Na página de vendas online da loja outros 100 produtos também terão descontos especiais.

“Estamos tentando preparar um estoque especial, porque acreditamos que a demanda de venda será especial. Não esperamos lucratividade, queremos movimentar e trazer tráfego para o site com a ação. A partir de segunda-feira (25) vamos ter uma ação prevista para antecipar o Black Friday, com um produto com desconto por dia”, afirma Marques.

A rede de supermercados Angeloni também estreia na promoção. No total, serão mais de cem ofertas, com descontos de até 50% com relação aos preços oficiais do site. As ofertas terão quantidades de peças limitadas, mas serão disponibilizadas ao menos 50 de cada item.De acordo com a assessoria de imprensa da rede, cada cliente pode comprar até três unidades de cada produto por pedido e quem se inscrever antes no site, receberá as ofertas com antecedência. Outras marcas com origem no estado também apostam na ação. É o caso da BonPrix e Consul, conforme o site do evento.

Pela segunda vez

De acordo com o material de divulgação do evento, a Cia Hering estará na ação pelo segundo ano consecutivo. A empresa aposta no aumento de vendas em 2013. O gerente operacional de e-commerce Rubem Razões destacou que a empresa “busca manter uma capacidade de estoque que possibilite atender estes consumidores, bem como preparar nossa infraestrutura para suportar o tráfego esperado para a data”.

Expectativa de vendas

Esta é a terceira edição da Black Friday no Brasil. A primeira foi realizada em 2010, segundo a empresa promotora no país. O presidente da organização Pedro Eugenio comenta que a expectativa para a edição de 2013 é bater todos os recordes. A previsão é crescer 50% e faturar R$ 340 milhões em 24 horas. No total, foram feitos 1,5 milhões de pedidos e as lojas faturaram R$ 217 milhões. Em 2012, o Sul do Brasil foi a segunda região com maior acesso: 11,2%.

Segundo Eugenio, algumas empresas participantes não fizeram descontos reais nos produtos, o que gerou descontentamento dos clientes. Por isso, na edição deste ano, foi elaborado um código de ética de compra.

“A gente percebeu que poucas lojas descumpriram ano passado. Neste ano, as lojas que assinarem o Código de Ética se comprometem a dar transparência, sem maquiar preços”, destaca. As regras de autorregulamentação foram elaboradas em parceria com o promotor da ação no Brasil e pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. As lojas que aderirem ao texto utilizarão o Selo Black Friday Legal. Já caso algum participante descumprir o acordo pode sofrer suspensão temporária, para a próxima edição ou até mesmo exclusão total da ação.

Fonte: http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2013/11/marcas-catarinenses-se-preparam-para-participar-do-black-friday.html

voltar

Cadastre-se e concorra agora mesmo.

*Campos Obrigatórios

Categorias