13/11/2013

ProXXIma: Black Friday e código de ética contra falsos descontos

Busca Descontos e Camara-e.net se unem para evitar que lojas participantes façam a chamada “maquiagem de preço”
 
Alvo de críticas dos internautas por não oferecer descontos significativos – foram oito mil queixas no site Reclame Aqui, em 2012 –, a Black Friday Brasil tenta, em sua quarta edição, conter práticas abusivas como a “maquiagem de preços”. O site Busca Descontos, responsável pela iniciativa promocional, fez uma parceria com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net) para regulamentar as ações dos sites participantes.
 
A camara-e.net ficou responsável pela elaboração de um Código de Ética. As lojas virtuais que aderirem ao projeto se comprometem a anunciarem ofertas reais na Black Friday. Caso a empresa não cumpra com o acordo, poderá sofrer uma suspensão temporária, a cassação do direito de utilização do Selo Black Friday Seguro (que identifica a credibilidade da promoção), a suspensão da próxima Black Friday e até mesmo exclusão definitiva. A regulamentação será válida para o site oficial da ação, que deve reunir ofertas de cerca de 120 lojas virtuais.
 
De acordo com Pedro Eugenio, CEO do Busca Descontos, a intensão é de que essas diretrizes funcionem para todos os eventos promocionais, tendo como início a Black Friday 2013, que será realizada durante as 24 horas do dia 29 de novembro. Ludovino Lopes, presidente da Camara-e.net, ressalta que os participantes devem obedecer a legislação vigente, em especial, o Código de Defesa do Consumidor, o Estatuto da Camara-e.net e o Código de Ética.
 
No intuito de melhorar a experiências dos consumidores durante a data promocional, o Busca Descontos já havia anunciado parcerias com o site Reclame Aqui, que irá ceder um canal exclusivo para o usuário que quiser denunciar ou reclamar sobre ofertas da Black Friday, e com o Instituto Sieve, especializado em inteligência de precificação no comércio eletrônico, que fará uma auditoria dos preços, sendo responsável pela identificação da veracidade das ofertas do site oficial da ação.
 
A empresa realizou ainda, no mês de agosto, o Black Friday Summit para a orientação de todos os setores envolvidos na iniciativa. O evento contou com a participação de representantes de grandes players do e-commerce como Netshoes, Walmart, TAM, Marisa, Sony, Cia Hering, Máquina de Vendas e Tiguana. Em sua última edição, a Black Friday Brasil movimentou R$ 217 milhões, segundo a ClearSale, alta de 117%.
 
voltar

Cadastre-se e concorra agora mesmo.

*Campos Obrigatórios

Categorias